Baltashow Notícias

Brasileiro herda bronze no Pan de Lima 2019 após confirmação de desclassificação de argentino

Esportes

Brasileiro herda bronze no Pan de Lima 2019 após confirmação de desclassificação de argentino

Victor Colonese, da natação em águas abertas, havia chegado em 4° na final disputada há um ano. Vice-campeão, Guillermo Bertola perdeu a medalha por ter sido reprovado no antidoping

Por GloboEsporte.com — Rio de Janeiro

01/07/2020 22h35  Atualizado há uma hora

Agora é oficial: o Brasil herdou a medalha de bronze dos 10km da natação em águas abertas dos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019. Três semanas após o anúncio do doping do argentino Guillermo Bertola, que havia sido prata na prova, o COB recebeu um comunicado da Panam Sports confirmando que o bronze agora é de Victor Colonese, que havia chegado em quarto na ocasião.

Victor Colonese tornou-se medalhista dos Jogos Pan-Americanos  — Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Victor Colonese tornou-se medalhista dos Jogos Pan-Americanos — Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

- É uma emoção indescritível. O Brasil só havia ido ao pódio na prova masculina há 13 anos (Rio 2007), com o Allan do Carmo, também medalhista de bronze. Estou igualando o feito do principal maratonista aquático do país e dando mais uma medalha para o Brasil - disse o nadador de 28 anos.

Bertola foi desclassificado do Pan de Lima por ter sido reprovado em exame antidoping. Punido pela Fina (Federação Internacional de Natação), o argentino teve anulados todos os seus resultados nas temporadas 2018 e 2019.

- Esta medalha veio em um momento complicado para todo mundo. Os atletas estão treinando em casa, não estão habituados a esta nova rotina. E a medalha pode não ter vindo na hora em que eu esperava, veio num momento de dificuldade, mas me faz lembrar dos meus objetivos e do esforço diário - comentou Colonese.

Com o bronze do nadador baiano, o Time Brasil volta a ter 169 medalhas na classificação final de Lima 2019: 54 ouros, 45 pratas e 70 bronzes. Foram três pódios nas maratonas aquáticas: além do bronze de Colonese, Ana Marcela Cunha foi campeã da prova feminina e Viviane Jungblut, terceira colocada.

- Esta é a grande conquista da minha carreira. Fui 9° lugar no Mundial de 2015, mas na prova de 5km, que não é olímpica. Treinamos quatro anos para disputar o Pan, os Jogos Olímpicos. E tive a felicidade de fazer uma prova bem nadada, muito melhor do que no Mundial, quinze dias antes - finalizou o mais novo medalhista pan-americano.

GE

ENVIE NOTÍCIAS PARA O EMAIL
centralbaltashow@gmail.com
whatsapp Baltashow 63.984688254
 
A imagem pode conter: Renato Baltashow Colinas, texto
 

Deixe seu comentário aqui:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da Baltashow Notícias e são de total responsabilidade de seus autores.