Baltashow Notícias

Cronista esportivo Baltashow, diz, que Kaburé Esporte Clube, pode ter sido usado para fazer corrupção com órgãos públicos.

Colinas-TO

Cronista esportivo Baltashow, diz, que Kaburé Esporte Clube, pode ter sido usado para fazer corrupção com órgãos públicos.

05 DE JANEIRO DE 1985 ANIVERSÁRI DO KABURÉ E. C.

Estiveram presentes na reunião de fundação do clube: Ewaldo Borges de Resende, José Eustáquio Pires, Eduardo de Assis Albuquerque, Juscelino Ferreira da Silva, Paulo Cesar Capel, João Branco de Moraes Sobrinho, Pedro Alves Chaves, José Carlos Ximenes Leão, José Gaspar Silva Morais, José Cândido, José Alves de Lima, José Nascimento Neto, José Messias, Inaldo G. Guimarães Filho, Claudson Santana Batista, Antônio Pereira dos Anjos, Nelson Alves Castro, Luiz Bispo Dias Noleto, Hamilton Fernandes Naves, Raimundo Costa, Ajuri Fernandes da Silva, Plínio Cesar Gracia, Roberto Batista, Wilson de Assis Sobrinho, Rubens Fernandes Marçal e Lucimar de Souza França. O primeiro presidente da história do Kaburé foi Ewaldo Borges de Resende.

Os dois primeiros títulos conquistados pelo o kaburé esporte clube, aconteceram em 1989 e 1991, quando nas oportunidades, o clube kaburezino teve os comandos técnicos de Wilson Tapuio e Carlúcio Divino.

A criação do futebol profissional do Tocantins foi em 1993, quando a coruja teve a felicidade de ter levantado o primeiro troféu da história, conquistando a copa Tocantins, o que lhe deu o direito de ter sido também, o primeiro representante do estado na copa do Brasil.

Na Copa do Brasil de 1994, o Kaburé passou pelo América Mineiro na primeira fase, sendo eliminado pelo Comercial de Campo Grande na segunda. Ao conquistar novamente a Copa Tocantins no mesmo ano, garantiu nova participação na competição nacional.

Em 1995, o Kaburé eliminou o Maranhão na primeira fase e se despediu da segunda fase da Copa do Brasil com duas derrotas (0x1 e 0x8) para o Flamengo. No ano seguinte, conquistou mais uma vez a Copa Tocantins, vencendo o Tocantinópolis na final. Ainda em 1996, o clube realizou a melhor campanha de sua história no Campeonato Tocantinense, sagrando-se vice-campeão ao perder a decisão nos pênaltis para o Gurupi.

Em 1997, o Kaburé não passou da primeira fase da Copa do Brasil: empatou o primeiro jogo com a então vice-campeã brasileira Portuguesa em 1x1 e foi goleado no segundo por 8x0.[3]

Em 2007, época em que o clube kaburezino funcionou em parceria com uns empresários de futebol de Brasília, devido a falta de condições financeiras, a fase foi negra, para o futebol do primeiro campeão tocantinense.

O kaburé até tentou em outra oportunidade, mas, teve a infelicidade de ter sido comandado por dirigentes de futebol de outro estado, o que mais uma vez não deu certo. Em sua última participação, O MAIS QUERIDO DO TOCANTINS não terminou a competição, e atualmente, se encontra rebaixado e multado. O ex-jogador Fábio Canela respondeu na mais recente presidência da coruja, porém, um contrato assinado com dois empresários de futebol, um do Amazonas e o outro do Pernambuco, se transformou na maior derrota do Kaburé Esporte Clube em toda a sua história.

Eu, Baltazar Baltashow sou o único reporter da agremiação kaburezina durante todo esse tempo. E também, na posição de presidente do último conselho FISCAL do clube, descobri que o Kaburé Esporte Clube sofreu uma alteração em seus documentos na receita federal no passado, época, em que a cidade de Colinas do Tocantins começou a ser administrada pelo o PT. O clube kaburezino, de acordo com informações da receita federal, deixou de ser clube de futebol, para ser instituição de atendimento a IDOSOS. Isso, leva a entender, que a alteração foi organizada para se fazer desvio de dinheiro de órgãos públicos. Futuramente, em uma possível volta do KABURÉ, a polícia federal poderá ter trabalho para descobrir quem foi o autor do crime.

REDAÇÃO BALTASHOW

 

ENVIE NOTÍCIAS PARA O EMAIL
centralbaltashow@gmail.com
whatsapp Baltashow 63.984688254
 
A imagem pode conter: Renato Baltashow Colinas, texto

Deixe seu comentário aqui:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da Baltashow Notícias e são de total responsabilidade de seus autores.