Baltashow Notícias

Espanhóis passam de 1 bilhão de euros em reforços e liga é a que mais gasta na janela, diz jornal

Esportes

Espanhóis passam de 1 bilhão de euros em reforços e liga é a que mais gasta na janela, diz jornal

Valor total investido nos primeiros 15 dias é de aproximadamente de € 3,2 bi em 420 transferências. Campeonato Inglês vem em segundo, com € 694 milhões

Com 15 dias de janela, os clubes do Campeonato Espanhol já superaram a marca de € 1 bilhão em contratações segundo o jornal "Marca", que levantou os números das cinco principais ligas europeias. O valor corresponde a quase um terço de todo o dinheiro gasto nas duas primeiras semanas do período e está bem acima do total investido pelas equipes do Campeonato Inglês, que tradicionalmente são as que mais pagam em contratações.

 
João Félix recebe a camisa 7 do Atlético de Madrid na apresentação oficial — Foto: EFE/Juan Carlos HidalgoJoão Félix recebe a camisa 7 do Atlético de Madrid na apresentação oficial — Foto: EFE/Juan Carlos Hidalgo

João Félix recebe a camisa 7 do Atlético de Madrid na apresentação oficial — Foto: EFE/Juan Carlos Hidalgo

Os clubes da Liga Espanhola já gastaram € 1,03 bilhão em 107 contratações. A lista de jogadores mais caros conta com reforços de Atlético de Madrid, Barcelona e Real Madrid. Comprado por € 127 milhões, o português João Félix é o jogador mais caro da janela. Ele é seguido por Griezmann (€ 120 milhões), Hazard (€ 100 milhões), De Jong (€ 75 milhões) e Jovic (€ 60 milhões), todos contratados por um dos três clubes.

Além disso, o trio Atlético, Barça e Real gastou aproximadamente € 726 milhões. Esse valor já é maior do que o investido por todas as equipes da Liga Inglesa. Os outros 17 clubes da primeira divisão da Espanha gastaram somente € 304 milhões, quase o mesmo valor investido somente pelo Real Madrid. O Sevilla, que contou com o retorno de Mochi para a posição de diretor esportivo, gastou € 122 milhões em nove contratações e vem em quarto.

 
 
Koundé Sevilla — Foto: Reprodução TwitterKoundé Sevilla — Foto: Reprodução Twitter

Koundé Sevilla — Foto: Reprodução Twitter

Os clubes da Liga Inglesa vêm em segundo lugar na janela. Tradicionalmente as que mais gastam, as equipes da Premier League somam € 694,9 milhões. Os jogadores mais caros são Rodri (€ 70 milhões), Ndombelé (€ 60 milhões), Wan-Bissaka (€ 55 milhões), Kovacic (€ 45 milhões) e Tielemans (€ 45 milhões).

Diferentemente do que aconteceu na Espanha, que concentrou as contratações mais caras em apenas três clubes, na Inglaterra, cada uma das cinco compras mais caras foi feita por time diferente: Rodri foi para o Manchester City, Ndombelé para o Tottenham, Wan-Bissaka fechou com o Manchester United, Kovacic permaneceu no Chelsea e Tielemans acertou com o Leicester City. No entanto, os clubes espanhóis contrataram mais que o dobro de jogadores do que os times ingleses (107 contra 48).

 
Rodri, novo reforço do Manchester City — Foto: DivulgaçãoRodri, novo reforço do Manchester City — Foto: Divulgação

Rodri, novo reforço do Manchester City — Foto: Divulgação

 

Vale lembrar que o Chelsea não pode fechar com mais nenhum jogador. O clube sofreu uma punição da FIFA por contratações irregulares para a base e está fora da janela. Kovacic e Pulisic são os únicos reforços dos Blues. O primeiro já estava no clube por empréstimo junto ao Real Madrid, e teve a cláusula de compra ativada antes da abertura da janela. Pulisic já estava acertado com a equipe desde a última temporada.

Em terceiro lugar vem a Liga italiana, com € 616,4 milhões. Os clubes da Série A estão empatados com os da Liga Espanhola, com 107 contratações. Mas diferentemente, dos rivais não fizeram nenhuma contratação que ultrapassasse os € 40 milhões, o que explica o valor relativamente "baixo" investido até aqui.

O jogador mais caro da janela italiana é Manolas (€ 36 milhões). Ele é seguido por Kessié (€ 24,4 milhões), Pau López (24 milhões), Meret (€ 22 milhões) e Pellegrini (€ 22 milhões). O Napoli é o único que contratou dois jogadores entre os cinco mais caros, acertando com o zagueiro Manolas e o goleiro Meret. As outras contratações foram feitas por Milan, Roma e Juventus, respectivamente.

 
manolas roma barcelona liga dos campeões — Foto: REUTERS/Alberto Lingriamanolas roma barcelona liga dos campeões — Foto: REUTERS/Alberto Lingria

manolas roma barcelona liga dos campeões — Foto: REUTERS/Alberto Lingria

 

A Bundesliga vem em quarto, com € 485,1 milhões. Assim como na liga espanhola, as principais contratações foram realizadas por apenas três clubes: Bayern de Munique, Bayer Leverkusen e Borussia Dortmund. A lista conta com Lucas Hernandez (€ 80 milhões), Hummels (€ 38 milhões), Pavard (€ 35 milhões), Demirbay (€ 32 milhões) e Schulz (€ 25,5 milhões). Ao todo, foram 76 contratações.

Apesar de contar com o Paris Saint-Germain para aumentar os números da Liga, o Campeonato Francês vem apenas com o quinto maior valor investido em contratações para a próxima temporada. Esse resultado se deve, principalmente, porque o gigante da capital vem fazendo uma janela mais tranquila até aqui e a maior especulação envolvendo o clube não é sobre a chegada de algum jogador, mas sim sobre a possível saída de Neymar.

Até aqui a contratação mais cara da janela francesa foi Gelson Martins, contratado por € 30 milhões. Ele é seguido por Thiago Mendes (€ 25 milhões), Andersen (€ 24 milhões), Sarabia (€ 20 milhões) e Niang (€ 15 milhões). Os jogadores vão reforçar Monaco, Lyon, PSG e Rennes. As outras ligas da Europa e do mundo somam € 130 milhões de euros em contratações.

GE

ENVIE NOTÍCIAS PARA O EMAIL
centralbaltashow@gmail.com
whatsapp Baltashow 63.984688254

Deixe seu comentário aqui:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da Baltashow Notícias e são de total responsabilidade de seus autores.