Baltashow Notícias

Maceió tem marcha contra a reforma da Previdência

Destaques

Maceió tem marcha contra a reforma da Previdência

Manifestantes se reuniram na Praça do Centenário e saíram em caminhada até o Centro. Pela manhã, protestos fecharam rodovias, escolas e bancos na capital e no interior.

 

Manifestantes marcham até o centro de Maceió em protesto contra a reforma da Previdência e contra os cortes na Educação — Foto: Matheus Tenório/G1Manifestantes marcham até o centro de Maceió em protesto contra a reforma da Previdência e contra os cortes na Educação — Foto: Matheus Tenório/G1

Manifestantes marcham até o centro de Maceió em protesto contra a reforma da Previdência e contra os cortes na Educação — Foto: Matheus Tenório/G1

Após uma manhã de intensos protestos em Maceió e mais cinco municípios do interior do estado, a capital registrou novo ato na tarde desta sexta-feira (14). Manifestantes fizeram uma marcha do bairro do Farol ao centro da cidade.

A caminhada começou às 15h50. São estudantes, professores, rodoviários, bancários, trabalhadores de diversas áreas e integrantes de movimentos sindicais contrários à reforma da Previdência e aos cortes na educação, promovidos pelo governo federal.

"As pautas são prejudiciais à classe trabalhadora em detrimento ao conforto deles [governantes] e não têm olhos humanos para partilhar para o povo para eles. Eles têm as regalias e não tiram um centavo. A aposentadoria deles vai ser mantida, eles são carreiristas. Nós queremos mostrar para sociedade como um todo que não podemos ficar esperando, olhando para o céu, a gente tem que sair em luta por igualdade, condição de vida, de trabalho", disse Carlos Eduardo Cardoso, 48, funcionário dos Correios há 19 anos.

A Polícia Militar acompanha a marcha, que segue pacífica pelas principais ruas do Centro.

 
Com faixas e cartazes, manifestantes fazem novo ato em Maceió contra a reforma da Previdência — Foto: Matheus Tenório/G1Com faixas e cartazes, manifestantes fazem novo ato em Maceió contra a reforma da Previdência — Foto: Matheus Tenório/G1

Com faixas e cartazes, manifestantes fazem novo ato em Maceió contra a reforma da Previdência — Foto: Matheus Tenório/G1

 

Com faixas e cartazes, os manifestantes gritavam palavras de ordem por onde passavam.

Letícia Costa, de apenas 19 anos, foi uma dos estudantes presentes ao ato. Ela relatou a insegurança com a instabilidade da política atual e ressaltou a necessidade da briga por direitos.

"É essencial que os estudantes estejam na rua nesse momento, porque é um despertar para uma consciência política necessária. Estamos vivendo em uma época em que muito se faz pela internet, só que limitar o discussão política pela rede social não se faz eficaz. Ter a massa estudantil vindo pra rua é um convite para que outros venham e um lembrete que existe um grupo de pessoas que está contrário a tudo isso que está acontecendo, como os discursos preconceituosos do presidente [Bolsonaro] e os cortes na educação, que são bizarros", disse a estudante.

 
Manifestante leva cartaz em protesto contra a reforma da Previdência em Maceió — Foto: Matheus Tenório/G1Manifestante leva cartaz em protesto contra a reforma da Previdência em Maceió — Foto: Matheus Tenório/G1

Manifestante leva cartaz em protesto contra a reforma da Previdência em Maceió — Foto: Matheus Tenório/G1

G1

ENVIE NOTÍCIAS PARA O EMAIL
centralbaltashow@gmail.com
whatsapp Baltashow 63.984688254

Deixe seu comentário aqui:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da Baltashow Notícias e são de total responsabilidade de seus autores.