Baltashow Notícias

Polícia apreende arsenal de armas e munições ao apurar execução de investigador em Ponta Porã, MS

Mais noticias

Polícia apreende arsenal de armas e munições ao apurar execução de investigador em Ponta Porã, MS

Investigação realizou flagrante nesta quarta-feira (14). Delegado diz que houve prisões e entre eles está um policial militar da reserva.

 

Um arsenal de armas de uso restrito, além de munições, foi apreendido nesta quarta-feira (14), durante a força-tarefa que apura a morte do investigador Wescley Vasconcelos, de 37 anos, em Ponta Porã, a 326 km de Campo Grande. Além disto, houve prisões e entre os envolvidos estaria um policial militar da reserva. Ao G1 o delegado Clemir Vieira, titular da delegacia regional do município, disse que o flagrante ainda está em andamento.

"Os presos vão passar por oitivas e os objetos apreendidos também estão sendo contabilizados. São muitos policiais envolvidos nesta operação e ainda temos muito trabalho a ser feito hoje", afirmou o delegado.

 

Entenda o caso

 

Wesley Vasconcelos foi morto em emboscada no fim da tarde do último dia 6. Ele estava em viatura descaracterizada junto com uma estagiária da delegacia em que era lotado e havia saído para ir em casa buscar algo. O atentado foi a poucos metros da unidade policial.

O investigador foi atingido por 30 tiros. A estagiária por um de raspão e foi socorrida para o hospital da cidade , onde passou por cirurgia. Por causa da execução, foi montada uma força tarefa com policiais de diversas delegacias de Campo Grande, sob a coordenação da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes de Homicídios (DEH). Colegas que se formaram com a vítima ressaltaram que ele era dedicado e, em pouco tempo, assumiu serviço de inteligência.

A esposa de Wescley, Renata Martinez Vasconcelos, de 32 anos, ficou cerca de 3 anos no município e deve retornar para Brasília, onde residem familiares. Ainda muito abalada, ela ressaltou o quanto o marido era um homem muito bondoso e íntegro. "Sou muito grata por ter tido o privilégio de viver com ele todos esses anos e aprender todos os dias. Agora, seguirei junto ao nosso filho, que falou que o papai dele é o nosso super herói, ele virou estrelinha, está ao lado do papai do céu", comentou.

 
Policial foi executado com 30 tiros perto da sua casa em Ponta Porã, MS (Foto: Polícia Civil/Divulgação)Policial foi executado com 30 tiros perto da sua casa em Ponta Porã, MS (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Policial foi executado com 30 tiros perto da sua casa em Ponta Porã, MS (Foto: Polícia Civil/Divulgação).

G1

ENVIE NOTÍCIAS PARA O EMAIL
redacao.baltashow@gmail.com
whatsapp Baltashow 63.84688254

 

 

Deixe seu comentário aqui:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da Baltashow Notícias e são de total responsabilidade de seus autores.