Baltashow Notícias

Procuradoria Eleitoral de SP reafirma pedido de cassação de Doria por abuso de poder político

Politica

Procuradoria Eleitoral de SP reafirma pedido de cassação de Doria por abuso de poder político

MP pede cassação de Doria e inelegibilidade por 8 anos por publicidade institucional feita quando ele era prefeito de SP. Defesa nega conduta irregular.

 

João Doria cumprimenta Rodrigo Garcia  — Foto: Reprodução/TV GloboJoão Doria cumprimenta Rodrigo Garcia  — Foto: Reprodução/TV Globo

João Doria cumprimenta Rodrigo Garcia — Foto: Reprodução/TV Globo

 

A Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo reafirmou, em alegações finais, o pedido para que o governador do Estado, João Doria (PSDB), seja condenado por abuso de poder político por ter ordenado gastos com publicidade institucional da Prefeitura no período anterior às eleições de 2018. A defesa de Doria nega conduta irregular.

A Procuradoria já havia pedido a cassação e a condenação de Doria neste processo em dezembro de 2018. Agora, o processo vai para a parte final e será julgado.

A ação do MP apontou gastos com publicidade 122% maiores do que a média no mesmo período nos três anos anteriores à eleição.

Além da condenação de Doria, a PRE pede também a condenação do vice-governador, Rodrigo Garcia.

Caso a ação seja julgada procedente pelo juiz, além da perda do mandato, a Procuradoria pede ainda a inelegibilidade de Doria, Garcia e do então secretário de Comunicação de Doria na Prefeitura, Fábio Souza dos Santos, por 8 anos, por terem autorizado as despesas.

A publicidade foi em três campanhas - “Asfalto Novo”, “Asfalto Novo – Nova Etapa” e “Prestação de Contas – 1 Ano de Gestão”.

Em nota, a defesa do governador João Doria disse que "já se manifestou sobre esta ação demonstrando que não houve abuso de poder econômico e reitera a legalidade e a correção da sua conduta na gestão municipal".

G1

ENVIE NOTÍCIAS PARA O EMAIL
centralbaltashow@gmail.com
whatsapp Baltashow 63.984688254

Deixe seu comentário aqui:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da Baltashow Notícias e são de total responsabilidade de seus autores.